Sábado, 21 de Setembro de 2019

Polícia

11/09/2019 - 00:00 - Atualizado em 11/09/2019 - 00:00

Deficiente é morta a facadas em sua própria casa

Por Erica Celestini e Maranhão / policia@webdiario.com.br
Osasco

imagem ilustrativa

imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)
Uma deficiente física de 47 anos foi assassinada com uma facada no pescoço na casa onde morava com o irmão e a cunha, no Jardim Veloso, Zona Sul de Osasco.  A polícia agora tenta desvendar o autor do crime, que está cercado de mistério. Luciana Aparecida da Silva, que tinha dificuldades para se locomover, foi encontrada morta em sua cama,  seminua, na última sexta-feira. Sua carteira e o celular desapareceram.Como não havia sinais de arrombamento na casa e nem na porta do quarto, a polícia acredita que o assassino seja um conhecido da vítima.

Aposentada, Luciana ficava em casa sozinha, todos os dias, enquanto a cunhada e o irmão saiam para trabalhar. No dia do crime, ela chegou a mandar uma mensagem de celular, para a cunhada, por volta do meio-dia, mas não relatou nada de anormal. Já quando a mulher chegou em casa, por volta das 17 horas, encontrou Luciana caída na cama, já sem vida. O caso foi registrado como morte suspeita e a investigação está sendo feita por policiais do 8º DP de Osasco. (Erica Celestini e Maranhão)

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style