Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019

Polícia

09/10/2019 - 00:00

Aluna de escola especial está na UTI após ataque de abelha

Por Da Redação/policia@webdiario.com.br
Cotia

Escola é cercada por área de mata, onde há muitas colmeias

Escola é cercada por área de mata, onde há muitas colmeias (Foto: Reprodução/G1)
Dois funcionários e dois alunos de uma escola municipal que atende alunos com deficiência em Cotia foram atacados por abelhas.

O caso mais grave foi de uma menina de 8 anos da Escola de Educação Especial Diego Cristian Bazilio Camargo, que teve choque anafilático e precisou ser encaminhada para a UTI do Hospital Regional de Itapevi.

O outro aluno, de 17 anos, foi medicado e está em observação no mesmo hospital. Os funcionários foram atendidos e liberados.

A escola é cercada em área de mata. Os dois alunos resolveram sair da escola para dar um passeio, mas a professora não viu. Eles acabaram entrando mata,  onde foram atacados pelas abelhas. Há várias colmeias no local. Dois funcionários foram regatá-los e também acabaram picados.

Os ataques aconteceram na tarde de terça-feira. A Defesa Civil esteve no local na manhã desta quarta-feira  para avaliar a situação, mas afirmou que as colmeias não serão removidas. De acordo com o órgão, as colmeias estão em área externa e as abelhas só atacam quando alguém mexe indevidamente nelas.

O portão da escola não tem trancas e as grades estão danificadas. Ao SPTV, a Secretaria de Educação de Cotia afirmou que vai enviar engenheiros para avaliar a situação das grades e efetuar os reparos. Além disso,  vai investigar como os alunos conseguiram sair da escola.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style