Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019

Política


02/12/2019 - 00:00 - Atualizado em 02/12/2019 - 00:00

Lins sanciona e "Pelada Solidária" do vereador De Paula agora é lei

Por Juliana Oliveira /politica@webdiario.com.br
Osasco

Lins sanciona e "Pelada Solidária"  do vereador De Paula agora é lei

Lins sanciona e "Pelada Solidária" do vereador De Paula agora é lei (Foto: Divulgação)
O prefeito Rogério Lins (Podemos) sancionou projeto de lei do vereador, De Paula (PSDB) que institui o programa Futebol Solidário para arrecadar brinquedos, roupas e alimentos não perecíveis para serem distribuídos às famílias carentes de Osasco.  A nova legislação prevê que os times amadores de futebol realizem “peladas solidárias”, para fazer essa arrecadação. A decisão foi publicada na edição de sexta-feira, 29, da Imprensa Oficial do Município de Osasco (IOMO).

De acordo com o texto, os alimentos arrecadados serão organizados em cestas básicas, já brinquedos e roupas distribuídos conforme a necessidade de cada família. Além disso, a organização do programa Futebol Solidário ficará a cargo da Secretaria de Esportes, Recreação e Lazer e do Fundo Social de Solidariedade.  Essas “peladas” também vão funcionar com uma espécie de competição. Os dois times que mais arrecadarem doações durante o programa ganharão, como prêmio, o direito de jogar no Estádio Professor José Liberatti, o Rochdalão.

A contabilização dos pontos será da seguinte forma: 1 kg de alimento, 1 peça de roupa igual ou 1 brinquedo equivalem a um ponto cada. Segundo o vereador, o Futebol Solidário vai garantir a realização do “grande sonho” dos times de várzea da cidade, que é jogar no principal estádio do município. “Sabemos da dificuldade que é conseguir uma agenda para realização de jogos. Assim, entendemos que a convocação para participar do programa Futebol Solidário abre  a oportunidade de consumação deste feito”, destacou.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style