Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019

Esportes


03/12/2019 - 00:00

Parnaibano é campeão mundial de boxe pela WBO

Por Da redação
Parnaíba

Patrick ficou com o cinturão

Patrick ficou com o cinturão (Foto: divulgação)
O pugilista de Santana de Parnaíba Patrick Teixeira entrou para a história. Ele é o mais novo campeão mundial de boxe, faturando o cinturão na categoria super-meio-médios (69,850 kg) da WBO - Organização Mundial de Boxe. Em Las Vegas, nos Estados Unidos, Teixeira derrotou o dominicano, até então invicto, Carlos Adames.

A vitória veio, por pontos, após 12 assaltos, de forma  unânime. Com este título Patrick entra ainda para um seleto grupo. É apenas o quinto brasileiro a se tornar campeão mundial, dentro das cinco principais entidades que regem o boxe internacional - além da própria WBO, existem ainda a WBA (Associação Mundial de Boxe), WBC (Conselho Mundial de Boxe), IBF (Federação Internacional de Boxe) e a The Ring.

Nesse grupo, está na companhia de Éder Jofre, Miguel de Oliveira, Acelino “Popó” Freitas e Valdemir “Sertão”. “Realizamos o sonho de uma nação inteira. O Brasil estava precisando de um campeão mundial”, comemorou Patrick, nas redes sociais. .

Entre as diversas manifestações de apio que recebeu logo após a conquista, na noite de sábado, foi parabenizado pelo próprio Acelino Popó Freitas, pelo medalhista olímpico Esquiva Falcão e pelo prefeito de Santana de Parnaíba, Elvis Cezar.

“O título mundial representa um sonho realizado depois de muito trabalho na academia e da minha equipe. Estou muito feliz com essa conquista”, reforço o campeão, que lembrou ainda das dificuldades que enfrentou até chega ao topo. “A principais foram falta de patrocinadores no começo da carreira, falta de grandes eventos no Brasil e falta de mídia”, enumerou. 

Já entre os  agradecimentos Patrick Teixeira não se esqueceu de quem esteve com ele ao longo dos anos “Agradeço muito ao senhor Edu Melo, que era o meu empresário e faleceu há dois meses, sem ele e sem a sua esposa, a Dona Dede, nada disso teria acontecido”.

A princípio Teixeira é campeão interino, mas este título deve ser oficializado em janeiro de 2020, quando o mexicano Jaime Munguia, atual campeão, fará a sua luta de estreia na categoria dos médios, abrindo assim o caminho para o título do boxeador parnaibano.

Além de Teixeira, esse seleto grupo de campeões mundiais conta com outro representante da região. Miguel de Oliveira é osasquense e vive na cidade até hoje.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style