Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020

Política


10/01/2020 - 00:00 - Atualizado em 10/01/2020 - 00:00

Projeto exige auxiliar de enfermagem nas escolas

Para o vereador Pelé da Cândida, autor da proposta, o objetivo é oferecer mais segurança aos alunos com deficiências física ou intelectual e que exigem cuidados especiais
Por Juliana Oliveira/politica@webdiario.com.br
Osasco

Projeto de Pelé exige auxiliar  de enfermagem nas escolas

Projeto de Pelé exige auxiliar de enfermagem nas escolas (Foto: maranhão)
O projeto de lei, de autoria do vereador Pelé da Cândida (PSC), que obriga a Prefeitura de Osasco a manter profissionais de enfermagem nas escolas e creches municipais deverá ser votado assim que o Legislativo retornar do recesso parlamentar em 4 de fevereiro. A proposta que está pronta para ser pautada desde fevereiro de 2018, tem como objetivo, segundo o autor, trazer mais segurança aos alunos com deficiências física ou intelectual e que exigem cuidados especiais.

Na justificativa ao projeto, Pelé destaca que atualmente a rede municipal de ensino conta com vários alunos exigem cuidados especiais. “Muitos fazem uso de medicação controlada, porém os profissionais da área pedagógica, como por exemplo os agentes de inclusão, não estão autorizados e nem preparados para administração de medicamentos e primeiros socorros em caso de uma possível convulsão ou outros males recorrentes”.

Pelé acredita que um profissional da área de saúde trará mais segurança aos alunos com deficiências. “Esses trabalhadores estão acostumados com a rotina de administração de medicamentos, limpeza e têm um melhor preparo diante de algumas situações peculiares, ao contrário do profissional pedagógico que não terá a mesma habilidade e destreza. O projeto adequará melhor os papéis de cada profissional, além da segurança dos alunos especiais da rede de nosso município”.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Capa do Dia
Vip Style