Domingo, 05 de Abril de 2020

Polícia

04/02/2020 - 00:00 - Atualizado em 04/02/2020 - 00:00

Suspeita de matar namorado se entrega em Carapicuíba e alega legítima defesa

Por Da redação / policia@webdiario.com.br
Osasco

A musa de bateria Aryani Menni estava foragida e se apresentou nesta terça-feira, 4, no 2º Distrito Policial de Carapicuíba. Aos policiais, ela alegou que esfaqueou o namorado Leandro Honorato em legítima defesa. O crime aconteceu no sábado, dia 1º, na casa de Aryani, no Jardim Angélica, atingindo o motorista Leandro Honorato da Silva com um golpe de faca no abdômen. Antes de fugir, ela ligou para os pais de Leandro – com quem ele morava, no bairro de Quitaúna, em Osasco – e também para sua própria filha, contando que havia atingido o namorado durante uma briga de casal.

 
A mãe da vítima relatou que, ao atender o telefone, ouviu Ariany dizer: “Eu briguei com o Leandro e esfaqueei ele. Matei ele. Entramos em briga corporal, ele me agrediu e eu peguei a faca e esfaqueei ele”. Já para sua filha, ela contou que corpo de Leandro ainda estava dentro da casa. Depois disso, não foi mais vista. A filha e o marido procuraram a polícia e depois foram até a casa, que já estava cercada por policiais.
 
Vizinhos já foram ouvidos e disseram não ter ouvido discussão na casa. Já a mãe de Leandro informou que não convivia com o casal e que, por isso, não sabia dizer se brigas entre eles eram comuns.  Agora a polícia aguarda o resultado dos laudos periciais para confirmar ou não a versão da mulher.

Newsletter
Conteúdo exclusivo para você
Edição
Vip Style