Domingo, 24 de Maio de 2020

Política


01/04/2020 - 00:00 - Atualizado em 01/04/2020 - 00:00

Lins propõe abono à "linha da frente" da pandemia

Segundo o prefeito de Osasco, projeto de lei defende abono de R$ 1.045 a profissionais da saúde, GCM e outras categorias. A proposta passará pelas comissões da Câmara e irá para votação
Por Da redação/gracielazabotto@webdiario.com.br
Osasco

Segundo o prefeito de Osasco, projeto de lei defende abono de R$ 1.045 a profissionais da saúde, GCM e outras categorias

Segundo o prefeito de Osasco, projeto de lei defende abono de R$ 1.045 a profissionais da saúde, GCM e outras categorias (Foto: Divulgação/prefeitura de Osasco)
O prefeito de Osasco encaminhou à Câmara Municipal Projeto de Lei que permite o abono no valor de um salário mínimo a servidores que estão na chamada "linha de frente" do combate à pandemia do Covid-19. Nessa lista estão profissonais da saúde, segurança pública e outras atividades. O projeto de lei passará pelas comissões da Casa e irá para votação em plenário. "Tenho certeza que os vereadores vão entender a importância desse projeto", disse Lins.

Vip Style