Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020

Política


21/05/2020 - 00:00 - Atualizado em 21/05/2020 - 00:00

Ladenilson sugere festival online para artistas de Carapicuíba

Por Da redação / politica@webdiario.com.br
Carapicuíba

Objetivo do festival "Arte em Casa Carapicuíba" é ajudar os artistas locais que perderam suas fontes de renda devido à pandemia do novo coronavírus e, ao mesmo tempo, oferecer entretenimento aos moradores da cidade

Objetivo do festival "Arte em Casa Carapicuíba" é ajudar os artistas locais que perderam suas fontes de renda devido à pandemia do novo coronavírus e, ao mesmo tempo, oferecer entretenimento aos moradores da cidade (Foto: Divulgação)
O vereador Professor Ladenilson (MDB) apresentou à Câmara Municipal a Indicação 223/2020, em que sugere a criação do festival de cultura online “Arte em Casa Carapicuíba” para ajudar os artistas da cidade que perderam a fonte devido à pandemia do novo coronavírus. No documento, o parlamentar detalhou as regras para realização do evento, bem como para participação e remuneração dos artistas.
 
“É notório que os profissionais artistas da cidade são diretamente atingidos pelas necessárias medidas de isolamento social. É também sabido que é função do Poder Público, entre muitas outras, incentivar e preservar as manifestações artísticas de seu povo, bem como contribuir para a segurança de todos nesses tempos de crise”, justificou Ladenilson.
 
De acordo com o documento, “o objetivo do festival está na contratação de artistas e profissionais carapicuibanos da arte e cultura, que dependam das atividades culturais como principal fonte de renda”. Ao mesmo tempo, o “Arte em Casa Carapicuíba” pretende oferecer entretenimento aos moradores da cidade com “ações interativas para o período de isolamento social, disponibilizando conteúdos artísticos e culturais para a população em formato digital, tais como: shows, apresentações, contação de histórias, workshops, palestras, exibição de curtas, exposição de fotografias e danças”.
 
O vereador detalhou quais devem ser os critérios para inscrição dos artistas no festival. De acordo com ele, cada profissional, prioritariamente residente em Carapicuíba, e que esteja impossibilitado de exercer sua profissão por conta da pandemia, poderá participar de, no máximo, três ações recebendo recursos municipais. Ao limitar o número de participações, a intenção é estender o benefício a um número maior de artistas. A sugestão de Ladenilson é que a prefeitura não permita a participação de atrações sem finalidade artístico-cultural, e de funcionários da administração pública municipal, bem como seus parentes até segundo grau.
 
“Precisamos garantir que participem deste festival os artistas que realmente precisam, que estão impossibilitados de trabalhar neste período de isolamento social e, consequentemente, perderam a renda. Essas regras estabelecem critérios justos para que o Poder Público possa auxiliar os artistas carapicuibanos neste momento tão difícil”, afirma Ladenilson. Ainda de acordo com a indicação, caberá a administração determinar o valor a ser pago para cada atração do festival, mediante disponibilização do material produzido para o “Arte em Casa Carapicuíba” por meio do YouTube.  

Vip Style