• 24/07/2021

Incêndio em pronto socorro de Osasco não deixa feridos

 Incêndio em pronto socorro de Osasco não deixa feridos

reprodução

Um princípio de incêndio, causado inicialmente por problemas no abastecimento de oxigênio, atingiu o Pronto Socorro do Jardim D’Abril, nesta terça-feira (2). O Pronto Socorro atende 300 pessoas por dia e um curto circuito na Sala de Medicação teria dado origem ao acidente.

Os pacientes com Covid-19, que ficam no 2º andar do prédio que funciona como uma mini hospital, não sofreram interrupções no fornecimento de oxigênio. No período da manhã a prefeitura montou um gabinete de crise no local para iniciar a transferência de pacientes para outras unidades.

Ninguém ficou ferido. As causas serão investigadas e o Pronto Socorro estava com previsão de retomada das atividades ainda ontem.

Em entrevista ao Diario, o prefeito Rogério Lins, disse que o incêndio foi de pequeno porte e afetou menos de 5% da unidade. “Aqui tem mais de 100 salas e apenas a de Medicação foi atingida. Graças a Deus a rede de oxigênio não ficou comprometida porque temos pacientes com Covid neste PS”, explicou.

Lins agradeceu à Polícia Militar, Bombeiros, Samu, Defesa Civil e a Guarda Municipal que se juntaram para agilizar o resgate. “Foi uma força-tarefa que reuniu Osasco, Itapevi e Carapicuiba”. Até a CCR/Vioeste, que administra as rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares, disponibilizou sua ambulância.

Segundo a coordenada do PS, foram utilizadas 10 ambulâncias ao todo, sendo 7 básicas e 2 avançadas (com médico e enfermeira para casos mais graves), além das viaturas de remoção inter hospitalar.