80% dos mortos não tinham esquema vacinal completo contra Covid

 80% dos mortos não tinham esquema vacinal completo contra Covid

Divulgação

Nesta terça-feira, 8, o prefeito de Osasco participou da primeira sessão ordinária da Câmara Municipal deste ano. Na tribuna, ele falou sobre a situação da pandemia na cidade e revelou alguns dados deste ano.

Conforme Lins, nos meses de dezembro de 2021 e janeiro de 2022 houve um registro grande de internações em leitos de enfermaria, mas poucas em leitos de UTI. “Graças a Deus foi uma letalidade muito menor do que a primeira e segunda onda”, completou.

Quando o assunto é mortes por Covid, foram registradas quatro em dezembro. Já este ano, até a primeira semana de fevereiro foram dez óbitos pela doença em Osasco, mas com um dado alarmante: desses dez, oito não estavam com esquema vacinal completo.

“Estamos falando de 80% que possivelmente teriam suas vidas preservadas. Incentivem as pessoas a tomarem as próximas doses. Vacina não tem partido, não tem lado. É fundamental que as pessoas se vacinem”, pediu o prefeito.

Graciela Zabotto