Audiência Pública entre Câmara de Osasco e Enel será em agosto

 Audiência Pública entre Câmara de Osasco e Enel será em agosto

Fotos: Ricardo Migliorini/CMO

A Audiência Pública para debater os serviços prestados pela concessionária de distribuição de energia elétrica Enel deverá acontecer no próximo dia 24 de agosto, a partir das 18 horas. A informação foi divulgada durante a última sessão ordinária de junho, pelo vereador Adauto (PDT), que solicitou o encontro.

 

Durante a sessão, o vereador denunciou o entrave causado pela operadora ao serviço de poda de árvores da Secretaria de Meio Ambiente. “Se não fizer o desligamento da energia, não tem como o trabalhador subir lá porque pode cair e haver um curto”, disse. O parlamentar também falou sobre a dificuldade de comunicação com a concessionária, principalmente quando há problemas de interrupção no serviço.

 

Devem participar representantes da empresa, da prefeitura, vereadores, além de munícipes que tiverem interesse em comparecer.

 

Moção de Repúdio

Recentemente, os vereadores osasquenses aprovaram uma Moção de Repúdio à Enel pelas inúmeras falhas na prestação de serviços à população. O autor da Moção, vereador Carmônio Bastos (Podemos), afirmou que a Enel presta “desserviço” ao estado de São Paulo e à cidade de Osasco devido ao grande número de reclamações da população.

 

“A empresa tem recursos para fazer um bom serviço e não faz. Quando você passa em frente ao posto da Enel tem uma fila de osasquenses, a maioria insatisfeita”, disse. Para o presidente da Câmara, vereador Ribamar Silva (PSD), é inadmissível que a empresa, além de prestar um serviço de má qualidade, cobre tarifas altíssimas e ofereça uma estrutura ruim, com o uso de materiais ultrapassados, como postes de madeira. “É impressionante o que cobram da população e ainda fazem um trabalho ruim”, lamentou Ribamar Silva.

 

Da Redação