Bam Margera, da série ‘Jackass’, foge da clínica de reabilitação

 Bam Margera, da série ‘Jackass’, foge da clínica de reabilitação

Divulgação

Bam Margera, um dos criadores da série de filmes “Jackass” está sendo procurado pela polícia após fugir de uma clínica de reabilitação na Flórida, nos Estados Unidos. A instituição relatou o desaparecimento do skatista de 42 anos na última segunda-feira, 13 de junho.

O TMZ destaca que, de acordo com um relatório da polícia de Delray Beach, Bam havia dito ao gerente da clínica que estava insatisfeito com o lugar e seus serviços e que iria fazer o tratamento em outro local. Na segunda-feira, 13 de junho, ele avisou que ia “dar o fora”, quebrando o acordo que havia estabelecido ao se internar no local. Posteriormente, Bam Margera deixou o local sem aviso e não foi visto desde então.

Ele estava há um ano sem usar drogas e bebidas alcoólicas. Não se sabe ao certo se Margera estava lá por ordem judicial ou se representava algum perigo para si mesmo ou para os outros.

Fontes próximas a Bam disseram ao TMZ que ele entrou em uma discussão com sua esposa, a skatista Nicole Boyd, quando já estava internado. No mês passado, ele quebrou o pulso e o cotovelo em um acidente de skate e culpou a clínica por não marcar suas consultas de fisioterapia.

DEMITIDO DE ‘JACKASS’
Margera chegou a ser hospitalizado e depois internado em uma clínica de reabilitação em 2009 por seus excessos com álcool. No entanto, seus problemas aumentaram a partir de 2011, após a morte de Ryan Dunn, seu melhor amigo e colega de elenco em “Jackass”.

Em setembro do ano passado, Bam Margera teve uma internação forçada após policiais o prenderem agindo “fora do controle” em um hotel da Flórida. Um pouco antes, ele esteve em um hospital para tratar de uma infecção na perna decorrente de uma tatuagem.

A internação veio à público dias após ele ter sido afastado das filmagens de “Jackass Para Sempre” (2020) por não respeitar os compromissos impostos a ele pelos produtores, relacionados principalmente ao seu alcoolismo. Bam Margera chegou a processar Johnny Knoxville e os produtores e o estúdio responsáveis pelo quarto filme baseado no antigo programa de TV.

A participação dele estava condicionada a uma cláusula que o obrigava a se submeter a inúmeros exames toxicológicos. Bam afirmou ter sido coagido a aceitar.

Familiares e amigos agora tentam encontrá-lo para levá-lo de volta à clínica e ao tratamento. Até o fechamento desta reportagem, os outros astros de “Jackass” ainda não haviam se pronunciado sobre o sumiço do colega. (ofuxico.com.br)

Da Redação