Barueri suspende vistoria de focos do Aedes aegypti dentro dos imóveis

 Barueri suspende vistoria de focos do Aedes aegypti dentro dos imóveis

Por causa da segunda onda da Covid-19, muito mais contagiosa, as atividades dos agentes de combate a focos do Aedes aegypti, no interior dos domicílios, em Barueri, estão suspensas. Os profissionais foram orientados a avaliar apenas as áreas externas (frente, lados e fundos do quintal ou terrenos). Já as vistorias motivadas por denúncias estão sendo realizadas com restrições. De 1º de janeiro a 16 de março, o órgão recebeu 68 reclamações relacionadas a criadouros, sendo 44 via telefone e e-mail e 24 por meio do APP. A Instrução Normativa também recomenda aos agentes evitar aglomeração nos veículos de saída a campo e ter atenção aos imóveis onde há pessoas com sintomas de Covid-19. Em Barueri, esse trabalho cabe à equipe de Vigilância de Arboviroses, vinculada ao Departamento Técnico de Controle de Zoonoses (DTCZ), da Coordenadoria de Vigilância em Saúde. O Aedes aegypti é o transmissor da dengue, zika, Chikungunya e febre amarela.

Da Redação