Barueri terá orçamento de R$ 3.9 bilhões para 2022

 Barueri terá orçamento de R$ 3.9 bilhões para 2022

Divulgação

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan, sancionou a lei nº 2.887/2021 que estima a receita e fixa a despesa do município para o ano de 2022.

Na prática, Furlan terá um orçamento de R$ 3.901.400.000,00 para administrar a cidade, R$ 457 milhões a mais se comparado ao orçamento de R$ 3.443.787.000,00 bilhões deste ano.

A Secretaria da Educação terá a maior ‘fatia do bolo’. Com orçamento de R$ 940.548 milhões, ela é a Pasta que está no ranking de distribuição de verba. Em segundo lugar vem a Secretaria da Saúde, com R$ 923.576 milhões. Completa os três primeiros lugares a Secretaria de Obras, com R$ 351.011 milhões.

A divisão continua com as Secretarias de Serviços Municipais, com R$ 256.165 milhões; Segurança e Mobilidade Urbana, R$ 156.987 milhões; Assistência e Desenvolvimento Social, R$ 176.463 milhões; Administração, R$ 96.060 milhões; Secretaria de Suprimentos, R$ 87.375 milhões; Secretaria de Finanças, R$ 72.498 milhões; Secretaria de Esportes, R$ 47.408 milhões; Secretaria de Governo, com R$ 40.979 milhões; Secretaria de Cultura e Turismo, R$ 33.986 milhões.

As menores fatias ficaram com as Secretarias de Recursos Naturais e Meio Ambiente, com R$ 21.075 milhões; Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência, com R$ 18.418 milhões; Secretaria de Comunicação Social, com R$ 21.499 milhões; Secretaria de Negócios Jurídicos, com R$ 12.230 milhões; Secretaria da Mulher, com R$ 11.541 milhões; e Secretaria de Indústria e Comércio, com R$ 10.149 milhões.

Já para outras Pastas o orçamento anual não chegou à casa dos dez milhões. É o caso da Secretaria de Planejamento e Urbanismo, com R$ 4.999 milhões. A Pasta que menos receberá recurso será Relações Institucionais, com R$ 2.652 milhões para o próximo ano.

Além das secretarias municipais, o orçamento também estima a receita para Encargos Gerais do Município, que terá R$ 33.600 milhões; Ipresb (Instituto de Previdência Social dos Servidores Municipais de Barueri), com R$ 176.960 milhões. Para a Fieb (Fundação Instituto Educacional de Barueri) serão R$ 159.157 milhões.

O Cioeste receberá uma fatia de R$ 2.088 milhões. Já a Câmara Municipal terá R$ 78.120 milhões. Como reserva de contingência a prefeitura de Barueri terá o valor de R$ 154.159 milhões.

Da Redação