Brasil vai enfrentar o Japão na Liga das Nações

 Brasil vai enfrentar o Japão na Liga das Nações

Divulgação

A seleção brasileira de vôlei feminino conheceu no último domingo (3) o próximo rival das quartas de final da Liga das Nações, que será realizada a partir do dia 13 de julho em Ancara, na Turquia. O adversário será o Japão, que, após um início arrasador com oito vitórias em oito jogos, perdeu os quatro que disputou na última semana e caiu da liderança para a quinta posição na tábua de classificação.

 

O renovado time brasileiro encerrou a primeira fase com vitória em cima da Tailândia no sábado (2) por 3 sets a 1, parciais de 25/18, 26/24, 23/25 e 25/23. Foram dez vitórias e apenas duas derrotas, campanha que deixou o time de José Roberto Guimarães na segunda posição atrás apenas dos Estados Unidos, que teve 11 vitórias. Só que, devido ao novo sistema de disputa da competição, a seleção avançou na terceira colocação. Como a Turquia tinha classificação assegurada por ser sede da fase final, ela virou a primeira colocada por ter ficado entre as oito melhores da etapa inicial.

 

A ida da Turquia ao topo da tabela empurrou as demais seleções para novas posições. Dessa forma, as norte-americanas, que estavam na liderança, avançaram à fase final em segundo e o Brasil passou em terceiro. Na sequência, Itália, China, Japão, Sérvia e Tailândia, a grande surpresa do torneio, ficaram respectivamente da terceira até a oitava posições.

 

Brasil e Japão se enfrentaram duas vezes em 2022, antes da estreia das Liga das Nações. Em jogos amistosos disputados nos Estados Unidos, o time asiático levou a melhor. Na Liga, as asiáticas surpreenderam ao superar por 3 sets a 0 o time americano e engatar uma sequência de oito vitórias. Passou as duas primeiras etapas da competição na liderança, de forma absoluta. Na última semana, em jogos realizados em Calgary, no Canadá, foram derrotadas por Holanda, Turquia, Sérvia e Bélgica.

 

Da Redação