• 18/04/2021

Candidatos a prefeito de São Paulo participam de debate na ConecTV

 Candidatos a prefeito de São Paulo participam de debate na ConecTV

(Divulgação)

Nesta segunda-feira, 26, a partir das 20 horas, a ConecTV com apoio do jornal Diário da Região e rádio Nova Difusora realizam debate com os candidatos a prefeito de São Paulo. Andrea Matarazzo (PSD); Arthur do Val (Patriotas); Bruno Covas (PSDB); Celso Russomano (Republicanos); Guilherme Boulos (Psol); Jilmar Tatto (PT); Joice Hasselmann (PSL); Márcio França (PSB); Marina Helou (Rede Sustentabilidade); Filipe Sabará (sem partido) e Orlando Silva (PCdoB).

O debate, com os 11 candidatos, integra a série organizada pela ConecTV nas cidades da região Oeste da Grande São Paulo. Os convidados irão expor suas propostas de governo e questionar seus adversários. Todos os debates são transmitidos ao vivo por TV, rádio e internet. Todos seguem as mesmas regras. No primeiro bloco, com duração de 15 minutos, os candidatos irão se apresentar e a ordem será definida por sorteio, durante o programa, antes do início da rodada.

O segundo bloco, também com 15 minutos, será destinado às perguntas dos jornalistas previamente selecionados pela direção da ConecTv. A ordem dos convidados, bem como para quais candidatos eles perguntarão, será definida por meio de sorteio realizado durante o programa. O tempo será de 30 segundos para pergunta e um minuto e meio para resposta.

Candidatos citados nominalmente, que não estejam diretamente ligados à pergunta ou resposta, poderão solicitar direito de resposta que deverá ser concedido, ou não, a critério da direção da ConecTv. Havendo o direito, terão um minuto de tempo para a defesa. Já o terceiro bloco terá duração de 30 minutos e candidato questiona candidato sobre temas específicos: Saúde, Educação, Segurança, Esporte e Cultura, Obras e Saneamento, Mobilidade Urbana.

A ordem dos candidatos, bem como para quem ele perguntará e o tema, será definida por sorteio com 30 segundos para a pergunta e um minuto e meio para a resposta. Para réplica será concedido um minuto. No quarto bloco, com 30 minutos, candidato pergunta para candidato, com tema livre. Tudo por sorteio com o mesmo tempo de resposta, pergunta e réplica do bloco anterior. Para encerrar, no quinto bloco com 20 minutos os candidatos farão suas considerações finais com duração de dois minutos cada.

QUEM SÃO OS CANDIDATOS

O eleitor de São Paulo terá, nestas eleições, um leque de candidatos que representam ideologias bem distintas. Andrea Matarazzo, do Partido Social Democrático (PSD), foi ministro da Comunicação Social, embaixador do Brasil em Roma, secretário estadual da Cultura e vereador. Já o deputado estadual Arthur do Val, do Patriota, é conhecido pelo apelido “Mamãe Falei”, Arthur é coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL). Bruno Covas, candidato à reeleição pelo PSDB, antes de ser prefeito foi vice-prefeito, deputado federal, deputado estadual e secretário estadual do Meio Ambiente. O deputado federal Celso Russomanno é o candidato do partido Republicano. Ele foi deputado federal por quatro mandatos, entre 1995 e 2011, e retornou à Câmara em 2015. Guilherme Boulos é o nome escolhido pelo PSOL e atua como professor, líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e já foi candidato a presidente da República em 2018. Jilmar Tatto, candidato do PT, foi deputado federal e secretário municipal de Transportes de São Paulo. A deputada federal Joice Hasselmann, do PSL, é jornalista e foi líder do governo Bolsonaro no Congresso Nacional. Márcio França, candidato do PSB, já foi governador, vice-governador, deputado federal e prefeito de São Vicente. A deputada estadual Marina Helou, da Rede Sustentabilidade, é formada em Administração Pública e foi eleita para a Assembleia Legislativa em 2018. O deputado federal Orlando Silva é o candidato do PCdoB. Orlando foi ministro do Esporte, vereador e presidente da UNE. Filipe Sabará se lançou candidato pelo Partido Novo mas foi suspenso recentemente e sua posição ainda está indefinida. Sabará foi secretário municipal de Assistência Social e presidente do Fundo Social do Estado de São Paulo.