Chiquititas do Zé dão adeus à Superliga

 Chiquititas do Zé dão adeus à Superliga

foto Caio Henrique

Em jogo antecipado em algumas horas pela CBV (Confederação Brasileira de Vôlei), na Arena Praia, em Uberlândia, nesta quinta-feira (18), o São Paulo/Barueri foi derrotado pelo Praia Clube por 3 sets a 0 com parciais de 25×16, 25×13 e 25×21 e está eliminado da Superliga 2020/2021.

O Tricolor, que também perdeu a primeira partida, no último domingo (14), precisava da vitória para forçar um terceiro jogo para o desempate, mas o jovem elenco do técnico tricampeão olímpico, José Roberto Guimarães, não resistiu à força e à experiência do time mineiro.

Mesmo com a eliminação, a oportunidade de jogar uma Superliga com o time é motivo de agradecimento. “Amo estar aqui (no time). Para mim vem sendo muito importante fazer essa transição de juvenil para adulto com profissionais tão experiente e incríveis”, disse a oposta canhota Kisy, aos 21 anos.

O jovem time de Barueri, aliás, recebe elogios até dos adversários. Recentemente o técnico italiano Nicola Negro, do Minas, líder geral da primeira fase, apontou o Tricolor como o “time mais moderno da competição”, devido principalmente à velocidade das jogadas.

A torcida agora é que o projeto São Paulo/Barueri, que colocou as centrais Lorena e Diana entre as quatro melhores bloqueadoras; e a líbero Nyeme e a ponta Maira, entre as quatro melhores no fundamento recepção da competição não seja terminado. Em recente entrevista ao portal UOL Esportes, José Roberto Guimarães afirmou que não aguenta mais bancar todos os custos do próprio bolso.

Classificado agora o Praia Clube enfrenta outro time da região, o Osasco São Cristóvão Saúde. Datas e locais ainda não estão definidos, mas a tendência que as semifinais e finais sejam realizadas no esquema de bolha, no Centro de Desenvolvimento, em Saquarema –RJ. 

Francisco Rossi Junior

http://www.webdiario.com.br