Ciro Gomes diz que Osasco é modelo para o Brasil

Em entrevista ao Diário da Região, Ciro Gomes, pré-candidato a presidente pelo PDT diz que usa Osasco como modelo para o Brasil.

“Das 8 cidades mais ricas, em termos de orçamento, a única que não é Capital, é Osasco. A cidade está fazendo a transição tecnológica da parte produtiva, os serviços 4.0 aqui já tem uma demanda muito grande. Eu uso Osasco como modelo”, afirmou.

Para ele, o centro da crise brasileira é São Paulo e a saída da crise brasileira passa, necessariamente, pelo estado de São Paulo.

“O estado já concentrou 42% das indústrias do país. Hoje, o desmonte é tão grande que a gente vê a LG demitiu mil paulistas, a Ford foi embora e a VW deu férias coletiva por falta de insumos. É preciso retomar a reindustrialização”, defendeu.

Ciro voltou a defender programas de recuperação de crédito aos inadimplentes. “Seis milhões de pequenas, micros e empresas estão no Serasa. Cerca de 78% das famílias estão penduradas em dívidas. Um total de 65 milhões de brasileiros está inadimplente”, apontou.

Para Ciro, permitir que o brasileiro tenha condição de limpar o nome e retomar a industrialização são fundamentais para ajudar o país a superar sua crise.

Graciela Zabotto