COI de Itapevi começa a funcionar em dezembro

 COI de Itapevi começa a funcionar em dezembro

Divulgação

A prefeitura de Itapevi deve inaugurar na primeira quinzena de dezembro o COI (Centro de Operações de Itapevi). A Central ficará no 1º andar da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana. No local serão monitoradas as imagens das 906 câmeras estarão instaladas em diversos pontos do município. Desse total, 126 já estão em funcionamento, as demais 780 começarão a serem instaladas em setembro.
“Será um verdadeiro Big Brother com a finalidade não de punir, mas de fiscalizar ações irregulares e criminosas em nossa cidade. Desta forma, o cidadão poderá ficar mais seguro com uma Itapevi mais vigiada e monitorada”, afirmou o prefeito Igor Soares. Em vídeo, ele ainda declarou que Itapevi será ‘a cidade mais vigiada da região”.
A proposta é de que no COI seja realizado o videomonitoramento e ainda disponibilizado à Polícia Militar um espaço para operações integradas. O intuito é que os agentes do Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) executem a fiscalização por meio do sistema e controle o tráfego de veículos em tempo real.
A Defesa Civil, por exemplo, fará o monitoramento de todas as áreas de risco, de enchentes e alagamentos, orientando os órgãos competentes para ações e estratégicas.
O COI contará também com uma Sala de Gerenciamento de Crises e sistema integrado ao gabinete do prefeito para a tomada de decisões rápidas em casos de extrema urgência, envolvendo assuntos, como: queimadas, enchentes e de segurança pública em geral.
A prefeitura ainda afirmou que a Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana pretende implantar o sistema integrado de chamada de emergência da GCM no COI, via rádio, reunindo em um único local o recebimento de ligações e denúncias, ou seja, será uma Central de Atendimento em que todas as chamadas recebidas via telefones 153 e 199, além do WhatsApp da Ronda Regional deverão ser centralizadas para garantir a qualidade de atendimento e eficiência junto à população.

Da Redação