Conrado deixa a UTI, após acidente que vitimou Aleksandro

 Conrado deixa a UTI, após acidente que vitimou Aleksandro

Reprodução/Instagram

Na segunda-feira, 06 de junho, amigos e familiares de Conrado, da dupla com Aleksandro, tiveram uma boa notícia. O cantor, que sofreu um grave acidente e passou por cirurgias, está fora da UTI do Hospital Regional de Registro, mas segue internado.

De acordo com uma nota publicada nas redes sociais da dupla, o músico Júlio César Bigolo, que também estava no ônibus quando aconteceu o acidente, também saiu da UTI.

Nas redes sociais, a notícia foi divulgada pela equipe da dupla:

A notícia foi dada pela própria equipe da dupla, que usou as redes sociais para passar a informação aos seguidores. No perfil do Instagram, os administradores do perfil informaram que, além de Conrado, o músico Julio Cesar Bigoli também saiu da UTI.

“Hoje nossos guerreiros deram mais um passo importante na recuperação. No fim da tarde de hoje, após a emissão do boletim oficial, ambos já deixaram a UTI e seguiram para o tratamento na enfermaria, como já programado pela equipe médica. Pedimos a todos que continuem em corrente de oração para que em breve ambos possam se recuperar em casa. Obrigado, Brasil, por estarem conosco”, afirma o texto.

O ACIDENTE

No ínicio do mês de maio, aconteceu um grave acidente com o ônibus dos cantores, na Rodovia Régis Bittencourt. O acontecimento matou seis integrantes da equipe, entre eles Aleksandro. Além disso, 11 pessoas ficaram feridas, sendo que algumas em estado grave.

O cantor Conrado está internado desde o dia do acidente. Ao longo desse tempo, o artista foi intubado e submetido a uma cirurgia para a instalação de pinos na bacia. Agora, já extubado, ele está se recuperando de um procedimento feito na quarta-feira, 1 de junho, no qual foi realizado um enxerto nos ferimentos nas costas do artista com a intenção de “reconstruir” parte de sua pele.

Recuperação

Durante o mês de maio, Aleksandro foi intubado e fez cirurgias para colocar pinos na bacia e estabilizar o quadril. Atualmente, ele está extubado e fez alguns enxertos nos ferimentos nas costas para reconstruir a pele.

O enxerto cutâneo é realizado em pacientes que perderam parte da pele devido a acidentes, queimaduras profundas, ulcerações vasculares, feridas cirúrgicas ou retirada de tumores. O processo é caracterizado pela remoção de parte do tecido de uma área saudável do corpo, realocando-a em outro local.

O músico Júlio Cesar Bigoli Lopes, que segue internado com Conrado, se emocionou ao saber das mortes de Aleksandro e outros cinco colegas, incluindo o primo, o roadie Giovani Gabriel Lopes dos Santos, de 23 anos.

“Ele chorou muito e pedimos a todos que coloquem em suas orações para que Deus possa confortá-lo”, revelou a assessoria de imprensa dos artistas em nota divulgada nas redes sociais.

Tanto Júlio como Conrado ainda não tem previsão de alta médica. (com ofuxico.com.br)

Da Redação