• 02/12/2021

Conselheiros tutelares pedem remuneração de seis salários mínimos

 Conselheiros tutelares pedem remuneração de seis salários mínimos

Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (14) o presidente da Câmara Municipal de Osasco, Ribamar Silva (PSD), esteve no Conselho Tutelar da Zona Norte e, acompanhado do presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Osasco, Pedro Paulo, foram recebidos pelos conselheiros tutelares das zonas Norte, Sul e Centro de Osasco.

Durante a visita o presidente do legislativo osasquense recebeu as demandas dos conselheiros para aprimorar o atendimento as crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. “Vamos colaborar para fortalecer a atuação do Conselho Tutelar. Sabemos dos problemas enfrentados e faremos o possível para oferecer ferramentas que facilitem a atuação junto às famílias osasquenses”, reforçou Ribamar.

Uma das reivindicações da categoria é a alteração da Lei Municipal 4.583/13, no que se refere ao salário dos conselheiros tutelares. “Queremos alterar o Artigo 26 com um novo texto em que os Conselheiros tutelares serão remunerados na importância de 06 (seis) salários mínimos nacional e com vale refeição e vale alimentação”, explicou um dos conselheiros.

No encontro, Ribamar reiterou a importância da atuação dos conselheiros tutelares na garantia de atendimento, da manutenção dos direitos, discussão e deliberação de políticas públicas para crianças e adolescentes do município, bem como a importância da parceria com a Câmara Municipal. “Temos laços de admiração e respeito pelo trabalho realizado pelo CMDCA e todos os Conselheiros tutelares. Uma missão importantíssima que garante os direitos das crianças e adolescentes de nossa cidade”, disse.

“Foi uma reunião muito produtiva. Ribamar foi bastante solícito com as nossas demandas”, afirmou o conselheiro tutelar, Thiago Rossafa.