Covid e gripe fecham cerca de 150 agências bancárias em Osasco e região

 Covid e gripe fecham cerca de 150 agências bancárias em Osasco e região

Divulgação

Em São Paulo, Osasco e região, pelo menos 150 agências bancárias foram fechadas diante do aumento do número de casos de covid-19.

A informação é do Sindicato dos Bancários, que realiza uma https://spbancarios.com.br/01/2022/covid-19-em-pesquisa-do-sindicato-88-dos-bancarios-apontam-casos-nos-locais-de-trabalhopesquisa para avaliar a situação nos locais de trabalho.

De acordo com a entidade, a retomada do horário de atendimento normal nas agências e o aumento no número de casos de “https://www.redebrasilatual.com.br/tag/covid-19/“Covid-19 e “https://www.redebrasilatual.com.br/tag/gripe/” gripe levaram à alta de bancários contaminados e afastados pelas doenças.

Além disso, do total de bancários que responderam a pesquisa, mais de 88% relataram casos de Covid-19 ou gripe (Influenza) nos últimos 30 dias. A consulta segue até o dia 15.

“A participação dos bancários na pesquisa é fundamental para que o Sindicato possa atuar junto ao banco a fim de cobrar que os protocolos sejam respeitados, e também para mensurar a situação na categoria, o que nos dá mais subsídios para cobrar novas medidas de proteção aos trabalhadores, e também as providências cabíveis do setor público”, disse Neiva Ribeiro, secretária-geral do Sindicato.

“Os dados preliminares da pesquisa já apontam para um cenário de ampla contaminação nos locais de trabalho, que exige que o respeito aos protocolos seja redobrado, além da abertura de negociação com os bancos para a adoção de novas medidas de proteção para bancários e clientes. Diversos setores estão sendo impactados pela Ômicron, assim como pelo atual surto de Influenza, com fechamentos acarretados pelo elevado número de trabalhadores contaminados e afastados, e no setor bancário a situação não é diferente”, acrescentou Neiva.

Da Redação