• 30/11/2020

Covid faz Câmara de Osasco suspender atividades e sessões por duas semanas

 Covid faz Câmara de Osasco suspender atividades e sessões por duas semanas

(Divulgação)

A Câmara Municipal de Osasco suspendeu novamente suas atividades. Em Ato da Presidência, publicado na Imprensa Oficial de quarta-feira (18), Alex da Academia, vice-presidente da Casa, justifica que a medida foi tomada “em virtude do aumento de casos de infecção por Covid-19 entre servidores e vereadores”. A Câmara havia liberado, recentemente, a retomada dos serviços presenciais na Casa, embora as sessões estivessem acontecendo de forma virtual. A suspensão vale por 14 dias.

Nesta semana, três vereadores de Osasco testaram positivo para o novo coronavírus. Na manhã de quarta-feira, 18, durante coletiva de imprensa, a vereadora Ana Paula Rossi, presidente do diretório municipal do PL, confirmou que o vereador reeleito Rogério Santos, também do PL, está com Covid-19. Ele passa bem e se mantém isolado em sua residência.

Os sintomas são leves, mas foram suficientes para tirá-lo da campanha em sua reta final. Na terça-feira, 17, o parlamentar sequer participou da coletiva de imprensa do prefeito Rogério Lins. Também na terça-feira, quem testou positivo para Covid foi o vereador reeleito e presidente da Câmara Municipal Ribamar Silva.

Após ser atendido na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e constato infecção pelo coronavírus, o vereador foi transferido para o Hospital Municipal Antônio Giglio e internado para observação já que seu pulmão estava 25% comprometido pela doença. Ribamar passa bem e seus sintomas são considerados leves, segundo sua assessoria de imprensa. Já no final da semana passada, quem também se afastou por diagnóstico de Covid-19 foi o vereador reeleito Ni da Pizzaria.