• 27/10/2020

Vôlei Osasco disputa décima final consecutiva do Paulista

 Vôlei Osasco disputa décima final consecutiva do Paulista

(Foto Luiz-Pires)

Osasco São Cristóvão Saúde entra em quadra neste sábado (17) para sua décima final consecutiva de Campeonato Paulista Feminino de Vôlei 2020. Em busca do 15º título estadual, enfrenta o Sesi Bauru a partir das 21h30, no ginásio José Liberatti, com transmissão do Sportv 2.

Embora não possa contar com a força do torcedor na arquibancada – em função da pandemia –, a equipe do técnico Luizomar vai lutar para fazer valer o fator casa e sair na frente na série melhor de duas partidas.

O segundo duelo entre os times será na terça-feira (20), no ginásio Panela de Pressão, em Bauru. Em caso de um resultado positivo para cada lado, o troféu será decidido no Golden Set.

“Claro que o torcedor faz muita falta no ginásio. Vamos dar o máximo para levar alegria para eles. Treinamos forte, estudamos muito o Sesi Bauru para entrar em quadra com foco total em executar o plano tático elaborado pelo Luizomar e sua comissão técnica para conquistar essa vitória”, garante a líbero Camila Brait.

Para a oposta Tandara, Osasco precisa ter a mesma atitude da série semifinal, na qual bateu o São Paulo/Barueri por 3 sets a 0 nas duas partidas. “Jogamos com foco e paciência, especialmente no segundo jogo, no Liberatti. Erramos, pouco, fomos agressivas no saque e defendemos muito, com o bloqueio tocando em quase todas as bolas”, avalia a camisa 16.

A ponteira Jaque também destaca a necessidade de uma boa linha de passe. “Além da defesa, a recepção precisa funcionar. Estamos cada vez mais entrosadas e isso tem se refletido em bons desempenhos em quadra. As finais serão um pedreira e estamos preparadas”, afirma.

Osasco tem 14 títulos estaduais, conquistados nos anos de 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017. Das últimas nove finais consecutivas, levantou o troféu em sete oportunidades, com aproveitamento próximo aos 80%. Na temporada 2020 do Campeonato Paulista, a equipe tem seis vitórias em sete jogos.

O único resultado negativo foi justamente para o Sesi Bauru, na fase de classificação. “Sempre fazemos jogos duros e não fomos bem contra elas na fase de classificação. Serviu de lição e evoluímos desde então”, completa Tandara.