Doria desiste de candidatura para presidente do Brasil

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira, 23, que está fora da disputa pela Presidência da República.

A decisão foi divulgada por Doria, em pronunciamento feito em suas redes sociais, após avaliar que não teria como seguir em frente com a sua postulação em razão da oposição de boa parte dos dirigentes do partido.

Doria recordou sua trajetória no partido e disse que ser um homem “que respeita o bom senso, o diálogo e o equilíbrio”.

“Hoje, neste 23 de maio, serenamente, entendo que não sou a escolha da cúpula do PSDB. Aceito esta realidade com a cabeça erguida. Sou um homem que respeita o bom senso, o diálogo e o equilíbrio. Sempre busquei e seguirei buscando o consenso, mesmo que ele seja contrário à minha vontade pessoal. O PSDB saberá tomar a melhor decisão no seu posicionamento para as eleições deste ano”, disse.

“Me retiro da disputa com o coração ferido, mas com a alma leve. Com a sensação inequívoca do dever cumprido e missão bem realizada. Com boa gestão e sem corrupção. Saio com o sentimento de gratidão e a certeza de que tudo o que fiz foi em benefício de um ideal coletivo, em favor dos paulistanos, dos paulistas e dos brasileiros”, completou.

Doria ainda citou a poetisa Cora Coralina: “Tem mais chão nos meus olhos do que o cansaço das minhas pernas, mais esperança nos meus passos, do que tristeza nos meus ombros. Mais estrada no meu coração do que medo na minha cabeça”.

Da Redação