• 05/12/2021

Dupla de Varela faz conserto relâmpago e continua na briga pelo título

 Dupla de Varela faz conserto relâmpago e continua na briga pelo título

Treinamento, preparo e equipamento fizeram a diferença nesta terça-feira (5) para a dupla brasileira Reinaldo Varela e Maykel Justo, que disputam na categoria UTV a vitória na 43ª edição do Rally Dakar, nas regiões desérticas da Arábia Saudita.

No meio das dunas e após centenas de saltos, a quebra de uma junta homocinética forçou o duo da equipe Monster Energy Can-Am a realizar um conserto relâmpago para substituir o kit formado pela peça e o eixo traseiro direito. Com agilidade, Varela e Justo conseguiram trocar o conjunto em menos de 15 minutos, em uma operação que demoraria cerca de 1h30 se fosse realizada em um carro normal e em uma oficina comum.

“A homocinética é onde vai conectado o eixo da roda que transfere a força do motor – ela toda a força do motor e também sofre com as batidas do carro contra o solo. Com a velocidade constante, subidas íngremes e os saltos intermináveis que fizemos hoje nas dunas durante mais de 400km da especial, ela acabou quebrando”, explica Reinaldo Varela.

“Essa é a hora que o treinamento, a experiência e a qualidade do equipamento que usamos aparecem. No Dakar, nós carregamos um kit de reparos de emergência. Felizmente fizemos a lição de casa e isso nos permitiu continuar na corrida ainda sonhando em brigar pela ponta”, resume o piloto da equipe Monster Energy Can-Am.

Campeão do Dakar em 2018, Varela e o navegador Maykel Justo ainda tiveram um pneu furado, que foi trocado em pleno deserto em cerca de seis minutos – o que rendeu à dupla um atraso de aproximadamente 22 minutos em seu tempo normal, terminando o dia no 16º lugar. No acumulado da prova, a dupla está na nona colocação.