Em ‘clássico’ de técnicos, Bernardinho leva a melhor

 Em ‘clássico’ de técnicos, Bernardinho leva a melhor

Divulgação

De um lado Bernardinho, ex-técnico da seleção brasileira de vôlei masculino e atual técnico da seleção francesa; do outro lado José Roberto Guimarães, técnico da seleção brasileira feminina de vôlei.

Um jogo recheado de experiência, mas quem levou a melhor foi Bernardinho. O vôlei Barueri Vôlei não conseguiu interromper a série de vitórias seguidas do SESC RJ Flamengo na noite de segunda-feira (7) e perdeu por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 18/25, 17/25 e 22/25, no Ginásio da Tijuca. A partida foi válida pela penúltima rodada da fase de classificação da Superliga Feminina 2021/2022.

A equipe treinada por José Roberto Guimarães foi bem no primeiro set e deu show no bloqueio. Foram seis pontos nesse fundamento com Lorena e Diana dominantes.

Bernardinho fez mudanças na equipe no segundo set e o jogo virou. Gabiru substituiu Maira e a entrada da ponteira foi fundamental para a vitória local.

As Chiquititas foram prejudicadas por decisões bastante questionáveis da arbitragem. O técnico do Barueri inclusive levou o cartão vermelho após seguidas reclamações.

O Fla chegou aos 2×1 com facilidade e embora a atuação das paulistas tenha melhorado no quarto set, não foi suficiente para que levassem o jogo ao tie-break.

O Barueri não tem mais chances de subir na classificação. A disputa agora será para manter o sexto lugar. Com 35 pontos, as ‘chiquititas’ estão três à frente do Fluminense, que ainda fará dois jogos: Pinheiros (casa) e Sesi Bauru (fora).

No fim do turno, o time enfrentará o líder Dentil/Praia Clube, como mandante. A última rodada acontece no próximo dia 18.

Da Redação