Em encontro com prefeitos Garcia diz que estado vai co-financiar leitos

 Em encontro com prefeitos Garcia diz que estado vai co-financiar leitos

Divulgação

Na noite de quarta-feira, 26, os presidentes dos Consórcios Intermunicipais da Região Metropolitana de São Paulo participaram de reunião com o vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia, para discutir o enfrentamento à pandemia diante do cenário atual, com a variante Ômicron, que tem provocado falta de leitos, testes e profissionais de Saúde, além de ampliar a dificuldade na busca por vagas de internação via CROSS (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde).

Participaram do encontro dos presidentes dos consórcios da região: Guti, presidente do Condemat; Paulo Serra, presidente do Consórcio do Grande ABC; Rogério Lins, presidente do Cioeste; Danilo Joan, presidente do CIMBAJU e representante do Conisud. Também estiveram presentes o Chefe da Casa Civil, Cauê Macris; o secretário estadual do Desenvolvimento Regional Marco Vinholi; e o secretário da Saúde, doutor Jean Gorinchteyn.

O presidente do Cioeste e prefeito de Osasco, Rogério Lins, explicou ao vice-governador que as cidades passam também por dificuldades para a contratação de profissionais da área da Saúde. “Queremos uma parceria com o governo do estado para o custeio dessas despesas. Uma parceria em prol da vida e da ciência”, disse.

O vice-governador Rodrigo Garcia afirmou que serão firmadas parcerias para a abertura de novos leitos. “O estado está ao lado de vocês neste desafio. Vamos fazer uma avaliação e enfrentar juntos este momento”.

Conforme Gorinchteyn, todos os leitos que tem gestão pelo estado foram remanejados e outro 700 leitos exclusivos para pacientes com Covid-19 foram liberados. Destes, 434 são para enfermaria e 266 para UTI. Referente aos leitos, 11 cidades da Grande São Paulo serão beneficiadas, com 234 para enfermaria e 91 para UTI, contemplando a região do Condemat foi contemplada. As regiões que não foram beneficiadas com novos leitos poderão solicitar financiamento do governo do Estado para a abertura de novas vagas em caráter emergencial. “Vamos pactuar dentro do possível com co-financiamento. Seremos parceiros dos prefeitos. Não vamos suspender cirurgias eletivas, vamos enfrentar a Ômicron com a vacina”, ressaltou.

Também participaram da reunião virtual os secretários executivos Jorge Lapas (CiOeste), Acácio Miranda Filho (Grande ABC), Brigida Sacramento (CONISUD), Adriano Leite, Wagner Lima, Gustavo Costa e Mara Flores. Novas reuniões devem ser agendadas nos próximos dias.

Da Redação