Emidio diz que genocida usou palanque para “show de horrores”

 Emidio diz que genocida usou palanque para “show de horrores”

Foto Alesp

“Chega! Impeachment é pouco. A micareta golpista de Brasília não teve a adesão esperada por Bolsonaro. O genocida, no entanto, usou o palanque para um show de horrores e mais uma vez atacou as instituições democráticas. Chega! Impeachment é pouco!”, postou em suas redes sociais o ex-prefeito de Osasco e deputado estadual Emídio de Souza (PT).

O parlamentar se referia ao discurso do presidente Jair Bolsonaro, para uma multidão na avenida Paulista, na tarde desta terça-feira, 7 de setembro.

Apoiadores de Bolsonaro fizeram protestos em todo o país e o presidente discursou em dois deles, o de Brasília e na avenida Paulista, em São Paulo.

Os atos se basearam no pedido de destituição do STF (Supremo Tribunal Federal), voto impresso que já foi derrubado pelo Congresso) e intervenção militar, uma possível estratégia para permitir que as duas primeiras pautas sejam atingidas.

Em sua fala, Bolsonaro atacou diretamente o ministro Alexandre de Moraes. A quem chamou de “canalha” e de quem não irá cumprir decisões. Ele também atacou o STE (Superior Tribunal Eleitoral) e disse que “jamais será preso”.

A Constituição Brasileira impede ataques às instituições federativas e movimentos antidemocráticos. As deputadas federais Bruna Furlan e Renata Abreu não haviam se manifestado até o fechamento desta edição.

Da Redação