Emidio pede liberação de estações de metrô para abrigar moradores de rua no frio

 Emidio pede liberação de estações de metrô para abrigar moradores de rua no frio

Foto: Alesp

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alesp, deputado estadual Emidio de Souza, enviou ofício ao governador Rodrigo Garcia solicitando a liberação das estações de metrô para receber as pessoas em situação e assim protegê-las da frente fria que se aproxima.

“Solicito à V. Exa. que, a exemplo das providências tomadas no ano passado, abra as estações do Metrô para acolher nossos irmãos sem-teto nas noites mais geladas do inverno”, diz o deputado no documento enviado.

Em julho de 2021, o governo do Estado fez uma ação emergencial e abriu as estações do Metrô durante a onda de frio.

No documento, Emidio mostra preocupação com a população sem-teto que aumentando diante da crise econômica e afirma que a abertura das estações do Metrô é um “alento para quem já vive uma vida degradante, agravada pelo frio intenso desta temporada”.

O deputado ainda pede que o governo torne o abrigo nas estações do Metrô nas noites de inverno uma política pública estruturada, com critérios estabelecidos, dotação orçamentária e infraestrutura necessária para melhor a população.

“Que o Metrô de São Paulo, a exemplo de outros sistemas metroviários do mundo, possa abrigar a população sem-teto sempre que se fizer necessário, todos os anos durante o inverno. Esta não deve ser uma providência de caráter emergencial, apenas” argumenta.

Da Redação