Emidio pede “punição a quem usa a farda para cometer crimes”

 Emidio pede “punição a quem usa a farda para cometer crimes”

Foto: Alesp

O deputado estadual Emidio de Souza (PT) repudiou a operação policial que aconteceu no Rio de Janeiro essa semana e também os agentes de Sergipe que participaram de ação que resultou em um homem morto por asfixia.

“A operação policial na Vila Cruzeiro no RJ com 26 mortos e a ação repugnante de agentes da PRF em Sergipe, que matou por asfixia um homem, mostram um completo desprezo pela vida humana e normalização da violência policial. Punição a quem usa a farda pra cometer crimes!”, declarou em suas redes sociais.

Na terça-feira, 26, ao menos 26 pessoas morreram durante uma operação policial na Vila Cruzeiro, na Penha. Segundo a PM, agentes do Bope e da Polícia Rodoviária Federal foram atacados a tiros quando iniciavam uma “operação emergencial” na comunidade. O objetivo era prender chefes do Comando Vermelho escondidos na Vila Cruzeiro.

Já em Sergipe um homem de 38 anos morreu após ser preso no porta-malas de uma viatura durante uma abordagem de policiais rodoviários federais em Umbaúba, na quarta-feira, 25. Os agentes envolvidos na abordagem admitiram que fizeram uso de spray de pimenta e gás lacrimogêneo. De acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de Sergipe, Genivaldo morreu por asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda. A Polícia Rodoviária Federal informou, na quinta-feira, 26, que afastou os policiais envolvidos na abordagem.

Da Redação