Estado pede rigor da Guarda Civil contra festas e “aglomerações”

 Estado pede rigor da Guarda Civil contra festas e “aglomerações”

(divulgação)

O secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, pediu que as Guardas Municipais e a Vigilância Sanitária dos municípios sejam rígidas para coibir aglomerações em ambientes públicos e privados. A solicitação foi reforçada pelo vice-governador, Rodrigo Garcia, uma vez que eventos irregulares e desrespeito às normas de distanciamento social podem ter facilitado a reaceleração do contágio por coronavírus entre jovens e adultos. Pedido foi feito durante videoconferência, nesta terça-feira, entre o governador João Doria com prefeitos e autoridades locais de saúde de 62 cidades que registram aumento de internações por Covid-19 nas duas últimas semanas. Na região participaram do encontro prefeitos de Carapicuíba, Barueri, Itapevi, Jandira e Santana de Parnaíba. “Temos que ter um estado de atenção e não de alarmismo. O combate à pandemia está nas nossas mãos e nas da sociedade”, disse o vice-governador. O governo de São Paulo vai garantir apoio da Vigilância Sanitária Estadual as ações municipais e aumento de operações na Grande São Paulo, interior e litoral. A Polícia Militar também pode ser acionada pelas equipes locais para garantir a segurança de fiscais, principalmente em ações noturnas.

Da Redação