Ex-‘BBB 9’ Josy Oliveira tem corpo cremado após órgãos serem doados pela família

 Ex-‘BBB 9’ Josy Oliveira tem corpo cremado após órgãos serem doados pela família

Divulgação TV Globo

Vítima de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) que a deixou em coma por 4 dias, a ex-BBB Josy Oliveira teve seu corpo cremado nesta terça-feira (7). Cantora morreu aos 43 anos no final de semana.

O corpo de Josy Oliveira, participante do “BBB9”, foi cremado nesta terça-feira (7) em Vargem Grande Paulista, em São Paulo. A cantora e psicóloga morreu no último dia 4 vítima de complicações de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) sofrido durante cirurgia para tratar um aneurisma cerebral no último dia 31. Josy tinha 43 anos e entrou na nona temporada do reality (2009) após passar pela Casa de Vidro.

Josy, que deixa filho de 5 anos, teve alguns órgãos doados, mote de uma campanha lançada em 2020 pela família de Gugu Liberato. “Recebemos notícias de que já estavam salvando vidas, que os transplantes já estavam acontecendo”, explicou Jeanne Oliveira, irmã da ex-sister ao portal “G1”.

Jeane acrescentou ainda que a mãe delas morreu no fim de 2020 após batalha contra um câncer nos pulmões. Em seguida, os filhos foram orientados a se submeterem a exames para averiguarem se a doença pudesse ser hereditária. Mais tarde, a ex-BBB descobriu o aneurisma.

No reality, Josy ficou em 6º lugar. A mineira de Juiz de Fora foi a quarta ex-participante a morrer, a terceira só da nona temporada. André Cowboy foi assassinado aos 37 anos em 2011, e Norberto Santos, o Nonô, em 2017, acabou perdendo a luta contra um câncer. Um tumor também tirou a vida de Buba, 32 anos, do “BBB4” em 2006.

Na sexta-feira (3), uma falência múltipla de órgãos vitimou o ator, político, diretor e produtor Sérgio Mamberti, 82 anos, que foi velado e enterrado na capital paulista. “Partiu um homem, um artista que lutou pelo progresso e desenvolvimento da nação brasileira, com as armas que tinha, a cultura e a arte! Fará imensa falta a sua força! Nosso coração doido se despede com muita dor e uma grande salva de palmas! Bravos, meu querido!”, lamentou Cássio Scapin.

Os dois atores trabalharam no “Castelo Rá-Tim-Bum” (TV Cultura, 1994/1997), no qual Mamberti foi o tio Victor, e Scapin, o Nino. “Meu pai deixou um legado de amor pela cultura do Brasil. Que todo mundo se inspire na força dele para deixar nossa cultura cada vez mais forte e expressiva”, completou Carlos Mamberti, irmão de Duda e Fabrício.

Além da série da Cultura, o artista atuou em diversas produções no cinema, TV e teatro. Com destaque para a novela “Vale Tudo” (1988) e o filme “A Menina do Lado” (1987). A morte do veterano se soma a outras perdas como a de Eva Wilma, Tarcísio Meira, Paulo José e Aguinaldo Timóteo. (purepeople.com.br)

Da Redação