• 26/02/2021

Ex-dirigente do Audax Osasco é cotado para assumir cargo no São Paulo

 Ex-dirigente do Audax Osasco é cotado para assumir cargo no São Paulo

Júlio Casares foi eleito presidente do São Paulo, em dezembro do ano passado, com mandato válido até o final de 2023 – ele sucede a gestão de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Raí ainda é o diretor executivo de futebol do clube e fica no cargo até fevereiro deste ano, quando acaba o Brasileirão. Depois, um novo nome assumirá a função.

Segundo o colunista Mario Monteiro, do Diário Popular, um dos cotados é Ricardo Moreira. Dirigente ainda desconhecido do torcedor, trabalhou com direito esportivo de 2004 a 2011, atuando como advogado. Começou a carreira no futebol no Audax Osasco, em 2014, como advogado do clube e depois virando gerente de futebol.

Foi nesta época que ele conheceu Fernando Diniz, vice-campeão paulista com o Audax em 2016 e atual treinador do Tricolor paulista. No mesmo ano foi para a MLS (Major League Soccer), o campeonato de futebol dos Estados Unidos, como diretor de futebol do Columbus Crew. Em 2019, chegou ao Orlando City, onde está até hoje.

Em novembro do ano passado, o dirigente foi contatado por uma pessoa ligada ao conselho do São Paulo, da chapa de Roberto Natel, adversário de Casares no pleito tricolor. Ricardo Moreira era uma das primeiras opções do grupo derrotado, mas, depois, recebeu convite por parte do estafe do presidente eleito. Por motivos pessoais, preferiu permanecer nos EUA.