• 27/07/2021

Explosão de casos faz Lins deixar 2 prontos socorros só para Covid e abrir leitos no Giglio

 Explosão de casos faz Lins deixar 2 prontos socorros só para Covid e abrir leitos no Giglio

A prefeitura de Osasco precisou ampliar o número de leitos exclusivos para tratamento de Covid-19 no Hospital Antônio Giglio. O anúncio foi feito pelo prefeito Rogério Lins. Segundo ele, 64% das pessoas que estão internadas em estado grave na unidade estão abaixo de 60 anos.

“A grande maioria tem entre 25 e 55 anos. É uma faixa etária que não estava tão preocupada com a pandemia e essa segunda onda tem se comportado de maneira diferente e mais agressiva. É o pior momento da pandemia no Brasil e em Osasco não está sendo diferente”.

Dados do governo estadual apontam que, até as 12h desta sexta-feira (12), unidade somava 29 pacientes internados, sendo 18 em leitos de enfermaria e 11 em leitos de UTI.

Nesta semana, o prefeito decidiu fechar o Pronto-Socorro D’Abril e o Pronto-Socorro Osmar Mesquita, reaberto para pacientes com Covid na segunda-feira, para outros atendimentos. Com isso, as duas unidades viram centros de coronavírus e passam a funcionar de portas fechadas.