Fabíola deixa Osasco e assina com vôlei da Polônia

 Fabíola deixa Osasco e assina com vôlei da Polônia

Foto: Caio Henrique

Após uma temporada no Osasco São Cristóvão Saúde, a levantadora Fabíola, de 39 anos, vai jogar pelo Chemik Police, tradicional clube polonês. Ele vai substituir a brasileira Naiane Rios com a camisa do atual campeão da Tauron Liga. Essa será a terceira equipe que Fabíola irá atuar no exterior. Em 2014/2015 ela defendeu o Dínamo Krasnodar, da Rússia, e o Voléro Zürich, da Suíça, entre 2015 e 2017.

 

Na última edição da Superliga Feminina, Fabíola teve vários desconfortos físicos durante a competição. Um problema de Hérnia de disco também foi detectado. O Osasco foi eliminado pelo SESC RJ Flamengo nas quartas de final da competição. Fabíola conquistou em 2021 seu sexto título paulista ao vencer o Barueri na decisão.

 

Fabíola começou a carreira no SESI de Ceilândia/DF e nas categorias de base do Força Olímpica em 1995 como ponteira. Atuando pela seleção brasileira infanto-juvenil, foi campeã sul-americana em 1998 e vice-campeã mundial em 1999. Em 2000, ganhou a medalha de ouro no Sul-Americano Juvenil e foi contratada pelo Rexona. Durante esse período foi aconselhada pelo técnico Bernardinho a atuar como levantadora.

 

Ela tem no currículo seus títulos paulistas (2009, 2010, 2012, 2013, 2018 e 2021), um mineiro (2003) e um carioca (2020). Também conquistou a Superliga Feminina em 2001/2002 e 2011/2012, o Sul-americano de clubes e o Mundial em 2012 e a Copa Brasil em 2014, 2018 e 2020. Com a camisa da seleção, ela ganhou o sul-americano em 2007, 2011 e 2013, o Pan de 2011, o Montreux Volley Masters e a Copa dos Campeões em 2013 e o Grand Prix de 2014. No mesmo ano foi medalha de bronze no Campeonato Mundial. (fonte: Portal da Superliga)

 

Da Redação