Feriado termina com 33 acidentes e duas mortes no sistema Castello-Raposo

 Feriado termina com 33 acidentes e duas mortes no sistema Castello-Raposo

Divulgação

Mais de 1,7 milhões de veículos passaram pelo Sistema Castello-Raposo e pelo trecho Oeste do Rodoanel. Dados são das concessionárias CCR ViaOeste e CCR RodoAnel que administram as rodovias.

 

A operação especial das concessionárias ocorreu entre a zero hora de quarta-feira, 20, e meia-noite de domingo, 24.

 

No Sistema Castello-Raposo a movimentação típica de feriado foi de 639 mil veículos e a expectativa da concessionária era de 664 mil veículos. Passaram pelo trecho Oeste do Rodoanel 1,060 milhão de veículos e a previsão da CCR RodoAnel era ter fluxo de 1,153 milhão de veículos.

 

A CCR ViaOeste registrou durante a operação especial 33 acidentes, com 18 feridos e duas mortes. No total, foram realizados 1.381 atendimentos pela concessionária, incluindo os serviços das equipes de inspeção de tráfego, guinchos e atendimento pré-hospitalar.

 

A CCR RodoAnel registrou 12 acidentes, com 6 feridos. Não houve morte. Foram promovidos durante o feriado prolongado 615 atendimentos no trecho oeste do Rodoanel. Toda a Operação Especial foi acompanhada pelo Centro de Controle das concessionárias, Polícia Militar Rodoviária e ARTESP.

 

Veja os principais tipos de atendimento realizados nas rodovias durante o feriado de Tiradentes:

 

Sistema Castello-Raposo

Pane mecânica – 459 atendimentos

Pneu furado – 81 atendimentos

Pane seca – 65 atendimentos

Superaquecimento do motor – 15 atendimentos

Pane elétrica – 17 atendimentos

Bateria descarregada – 21 atendimentos

 

Trecho Oeste do Rodoanel

Pane mecânica – 226 atendimentos

Pneu furado – 38 atendimentos

Pane seca – 23 atendimentos

Superaquecimento do motor – 13 atendimentos

Pane elétrica – 6 atendimentos

Bateria descarregada – 4 atendimentos

Da Redação