Gelso Lima assume presidência do Podemos em Osasco

 Gelso Lima assume presidência do Podemos em Osasco

(Divulgação)

O economista e secretário de Emprego, Trabalho e Renda de Osasco, Gelso Lima, vai assumir nos próximos dias a presidência do diretório municipal do Podemos. Ele deverá coordenar a campanha à reeleição da deputada federal Renata Abreu, que também é presidente nacional do partido, além de trabalhar para que a sigla eleja deputados estaduais em 2022. A informação foi divulgada pelo jornal Correio Paulista.

“Assumir a presidência do Podemos é uma honra. Fui militante de um partido aqui na cidade por quase três décadas, mas nunca tive a oportunidade de presidir essa sigla, então quando fui convidado a presidir o partido do prefeito, que tem a maior bancada dos vereadores na Câmara e do qual fazem parte a maioria dos secretários municipais, foi mesmo uma honra. O Podemos é um partido forte, que vem demonstrando um crescimento extraordinário. Minha contribuição nesse desafio será pautada na organização, porque eu sou muito partidário”, explicou Gelso.

Ele ainda comentou que sua primeira ação será realizar uma grande campanha de filiação. Objetivo é fazer com que o Podemos tenha mais filiados do que o PT e PSDB juntos. “Minha meta é transformar o Podemos em um partido ainda mais robusto do ponto de vista da capilaridade. Para tanto, a primeira iniciativa como presidente é iniciar uma grande campanha de filiação para que a agremiação tenha mais filiados do que o PT e o PSDB juntos, que foram os dois partidos que governaram a cidade por 24 anos e que já foram referência em números de filiados”, completou ao Correio Paulista.

Gelso já foi convidado por Renata, em uma outra ocasião, para ser coordenador regional do Podemos. O convite não foi aceito porque, segundo o economista, ele assumiu com o prefeito Rogério Lins o compromisso de liderar a Secretaria de Emprego, Trabalho e Renda e, na época, ele afirmou que não faria bem as duas coisas caso assumisse os dois compromissos.

“Mas eu sou super envolvido com essas questões, então não tem muito jeito… Em 2022 queremos ter um deputado federal, e a Renata será a candidata. Osasco é a segunda cidade que mais vota nela após a Capital então estou totalmente disponível para organizar esse eleitorado e coordenar a campanha dela. Foi ela que me abriu as portas, me deu oportunidade em Osasco e fora da cidade. Eu coordenei o mandato dela por um período, tenho uma relação de respeito e fidelidade à Renata. Nós vamos também eleger um deputado estadual do Podemos. Essa é a minha meta, mas claro que preciso da autorização do prefeito para isso”, finalizou.

Da Redação