Gigante canadense conquista o Força Bruta 2022

 Gigante canadense conquista o Força Bruta 2022

Divulgação

JF Caron é, literalmente, o grande campeão da nona edição do Força Bruta 2022. Com 1,90m de altura e 154 quilos, ele ergueu, arremessou e puxou cerca de 14 toneladas na manhã do último domingo (13) no Parque Teresa Maia, em Cotia, no evento que reuniu alguns dos homens mais fortes do mundo. A competição contou com um público animado – que cumpriu os protocolos de segurança em função da pandemia – e foi transmitido para todo o Brasil pela Rede Globo, dentro do programa Esporte Espetacular. O vice-campeão foi Rauno Heinla, da Estônia, seguido por Rob Kearney, dos Estados Unidos, e Dmitrii Skosyrskii, da Rússia.

Caron demonstrou muita determinação e colocou os músculos para funcionar com 100% de potência. Como resultado, dominou e venceu a três provas disputadas no Força Bruta. Ele levantou uma tonelada na prova da Carroça Humana, mandou para o ar 215 quilos no Arremesso de Barril e arrastou 12 toneladas na disputa do Carga Pesada. “Foi uma competição muito dura e estou muito feliz com o resultado. As provas que mais exigiram foram o deadlift (carroça) e o caminhão. Mas a torcida foi incrível, fez muito barulho e deixou o torneio com uma atmosfera muito positiva”, disse o canadense, que promete retornar para defender o título do Força Bruta em 2023.

Caron, o maior e mais pesado atleta do Força Bruta, conquistou o título com 12 pontos. Heinla e Kearney empataram com 7,5 pontos, mas o estoniano levou vantagem no desempate, que foi a prova do caminhão. O russo Dimitrii conseguiu três pontos. O campeão faturou uma premiação de US$ 5 mil (cerca de R$ 26 mil). O total de premiação foi de US$ 12 mil (cerca de R$ 63 mil).

Da Redação