Gusttavo Lima é hospitalizado após intoxicação alimentar

 Gusttavo Lima é hospitalizado após intoxicação alimentar

Reprodução/Instagram

Gusttavo Lima foi levado ao hospital na madrugada desta segunda-feira (28) após se apresentar em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. De acordo com a assessoria, o cantor teve uma intoxicação alimentar.

Gusttavo esteve no Hospital do Coração Anis Rassi, em Goiânia, onde iniciou o tratamento. Pouco depois, foi liberado para se recuperar em casa.

Em nota, a assessoria do cantor fez questão de reforçar que sua agenda de shows não será alterada por causa da intoxicação, já que Gusttavo se sente bem.

Nota da assessoria de imprensa:

“O cantor Gusttavo Lima passou mal na noite de ontem, após o show em Caxias do Sul (RS). Ao chegar em Goiânia (GO), deu entrada na madrugada de hoje (28/03) no Hospital do Coração Anis Rassi, onde foi atendido pelo dr. Adilon Cardoso.

O artista teve uma intoxicação alimentar. Já foi liberado, está em casa e passa bem. Agradecemos pela preocupação de todos”.

Vale lembrar quem há alguns anos, em 2015, Gusttavo foi internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, quando sentiu dores abdominais, náuseas e vômito. Na época, recebeu alta quatro dias depois.

Fato ou fake? Show de Gusttavo Lima tem gritos de “fora Bolsonaro”

Um vídeo do show do cantor Gusttavo Lima, realizado em Portugal no começo de março viralizou nas redes sociais. Nele, a plateia de cerca de 10 mil pessoas supostamente teria levantado o coro de “fora, Bolsonaro”.  No registro, o artista teria ficado parado ouvindo os gritos e sua equipe comemorando. Mas será que essa publicação é fato ou fake?

O show estava lotado. Será que os fãs confrontariam o próprio ídolo Gusttavo Lima para se posicionar contra o presidente? A resposta é não! O vídeo que circula pela internet é uma montagem.

Em seu Twitter, o cantor publicou o registro com o áudio original, que não passava de aplausos da plateia. O que aconteceu foi que os internautas deturparam a realidade e colocaram os gritos contra Jair Bolsonaro na filmagem. (com portalpopline.com.br)

Da Redação