Idoso vai pra cima de cobrador após ouvir ‘esses lixos desses velhos são tudo corno’

Um senhor de 81 anos foi agredido com um punhal por um cobrador de ônibus em Osasco. O caso aconteceu no último dia 13, mas foi divulgado nessa segunda-feira, 28.

Em entrevista ao Diário, João Cândido Vilas Boas, morador da cidade, disse que saiu por volta das 14h30 para comprar o remédio que toma para pressão.

A confusão começou quando já estava voltando para casa. “Peguei um ônibus para o Jardim d’Abril e fui apresentar meu documento que comprova que sou idoso, mas o cobrador queria segurar e mostrar para a câmera. Então eu peguei o documento da mão dele e começou uma pequena discussão”, contou Vilas Boas.

Ele disse que tentou explicar ao cobrador que tinha formação militar e que era aposentado da Defesa Civil, mas o funcionário da empresa retrucou dizendo que “tudo era um lixo só”.

“Aí ao virar as costas ele disse em voz meio baixa: “esses lixos desses velhos são tudo corno”. Aí eu perdi a noção da vida e fui pra cima, mas ele já estava tirando um punhal da bolsa e me deu três golpes. Eu já estava sangrando muito e minha intenção era só ir para o hospital. Fui para o hospital, fiz o BO e até agora ninguém me procurou perguntado se estava precisando de remédio ou alguma outra coisa. Eu só quero Justiça”, contou indignado.

Foram três golpes: dois nos dedos da mão direita e um na parte interna do antebraço direito.

Vilas Boas registrou reclamação na empresa de ônibus. “A atendente falou que foi chamada a atenção do cobrador e que após o episódio estava sendo monitorado pelo fiscal de campo”.

“Um homem trabalha pela emancipação do município e agora tem na cidade uma empresa que maltrata os idosos”, desabafou Vilas Boas que afirmou ter participado do processo de emancipação político-administrativa de Osasco.

Maranhão Gomes