Idosos tomavam remédios vencidos e asilo clandestino tinha até ratos

 Idosos tomavam remédios vencidos e asilo clandestino tinha até ratos

O prefeito de Cotia, Rogério Franco, esteve nessa quinta-feira, 6, no asilo clandestino em Caucaia do Alto, distrito de Cotia, onde uma senhora de 76 anos morreu.

O local foi descoberto após a idosa chegar ao Pronto-Atendimento em estado cadavérico. Ela chegou a ser atendida, mas não resistiu.

Ela estava com os pés necrosados e o órgão genital com secreção, além de subnutrida e “em pele e osso”. Tudo indicava que já estava morta há mais de 24 horas.

Viviam no local 26 idosos. A maioria com mais de 70 anos, com dificuldade de locomoção e fala. Segundo o prefeito, os idosos tomavam medicamentos vencidos, não tinham suas fraldas geriátricas trocadas, ficavam em quartos insalubres e ainda foi constatada a presença de ratos por todo o imóvel.

“Ninguém merece passar por tudo o que esses idosos passaram e não vamos medir esforços para garantir que eles sejam encaminhados para locais em que haja respeito e dignidade”, declarou Franco.

Ele ainda afirmou que grande parte dos idosos foram levados para casas de acolhimento no município, mas seis deles precisaram ser encaminhados pela equipe de Saúde para receberem cuidados médicos nas unidades de Pronto-Atendimento.

“As pessoas que estavam mantendo esses idosos nesse local são criminosos e espero que possam pagar pelos crimes cometidos”, reforçou o prefeito. A dona de um asilo clandestino foi presa na quarta-feira, 5.

Da Redação