• 18/10/2021

Juliette protesta contra veto de Bolsonaro: ‘Pobreza menstrual deve ser tratada com seriedade’

 Juliette protesta contra veto de Bolsonaro: ‘Pobreza menstrual deve ser tratada com seriedade’

Divulgação

Rio – Juliette Freire usou suas redes sociais, na última quinta-feira (7), para se posicionar contra a decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de vetar um artigo que permitiria a distribuição gratuita de absorventes para a população de baixa renda. Através do Twitter, a campeã do “BBB21” criticou a medida e pediu que o veto seja barrado.

“Quando pessoas que menstruam não têm acesso a absorvente, elas não têm acesso à saúde, à educação e a ter sua dignidade enquanto ser humano. Cobremos que o veto do presidente seja BARRADO. Em um país feito para todos, pobreza menstrual deve ser tratada com seriedade”, declarou a cantora e influenciadora.

Além da paraibana, outras celebridades também detonaram o poder executivo pela decisão anunciada nesta quinta-feira. “Menstruar não é uma opção. A pobreza menstrual impede que meninas e mulheres tenham uma vida de igualmente justa na sociedade”, afirmou a atriz Nathalia Dill em publicação no Instagram. “O monstro ataca novamente!”, alfinetou Monica Iozzi. (odia.ig.com.br)