Justiça condena Gusttavo Lima por citar número de celular existente em música

 Justiça condena Gusttavo Lima por citar número de celular existente em música

Reprodução/[email protected]

Gusttavo Lima parece não estar em boa fase. Depois do envolvimento do músico por shows pagos por prefeituras, o cantor foi condenado pela Justiça de São Paulo a pagar uma indenização de R$ 50 mil à proprietária de um celular cujo número foi mencionado na música “Bloqueado”. As informações são do colunista Rogério Gentile.

A moça que não teve o nome divulgado, contou à Justiça que soube do caso em agosto do ano passado, quando passou a receber uma série de ligações e mensagens via WhatsApp de fãs do “Embaixador”.

Ela disse que a situação piorou ainda mais depois que o cantor postou um vídeo nas redes sociais incitando as pessoas a telefonar para descobrir quem era o proprietário da linha. “Tal fato gerou uma enxurrada de ligações e mensagens”, declarou a defesa da mulher à Justiça.

De acordo com o colunista que teve acesso aos dados do processo, a música teve, até 15 de dezembro de 2021, 12,8 milhões de visualizações no YouTube e foi reproduzida 9,8 milhões de vezes no Spotify.

Tamara Hochgreb Matos, juíza que analisou o caso, afirmou que Gusttavo Lima pode não ter tido a intenção de prejudicar a proprietária da linha, no entanto, “ele não teve a mínima cautela ao mencionar no refrão de sua música um número de telefone existente, de titularidade de pessoa desconhecida”.

A magistrada ressaltou, ainda, o fato do músico ter incentivado pessoas a ligarem para o tal número. “Aquele que por ato ilícito causar dano a outra pessoa, fica obrigado a repará-lo”, afirmou, citando os artigos 186 e 187 do Código Civil.

A dona de celular pediu à Justiça que a música só pudesse ser veiculada com a eliminação do número da linha, algo que não foi aceito pela juíza. De acordo com a sentença, a determinação seria “inócua”, “uma vez que a música já é conhecida e está disponibilizada a milhões de fãs”, afirmou o colunista.

OFuxico entrou em contato com a assessoria de imprensa de Gusttavo Lima para saber mais sobre o assunto, e foi informado que advogado Cláudio Bessas, que representa o músico, tomou conhecimento da decisão e que vai recorrer.

A assessoria jurídica do cantor Gusttavo Lima, por meio de seu advogado Cláudio Bessas, informa que tomou conhecimento da sentença proferia nos autos em questão e que irá submeter o caso para apreciação pelo Tribunal de Justiça de SP por meio de recurso próprio

Da Redação