Justiça nega pedido de Britney Spears e decide que pai da cantora permanecerá como seu tutor

 Justiça nega pedido de Britney Spears e decide que pai da cantora permanecerá como seu tutor

Foto/Instagram

Um tribunal de Los Angeles (CA) negou o pedido de Britney Spears (36) para retirar seu pai, Jamie Spears (65) de um acordo de tutela que dá a ele o controle total de questões pessoais e financeiras da cantora.

A decisão foi anunciada uma semana depois do apelo da estrela mundial, pelo fim da tutela abusiva, durante uma audiência virtual.

A decisão do Tribunal Superior de Los Angeles anunciada na última quarta-feira, 30, está vinculada a um pedido apresentado no ano passado pelo advogado da cantora para remover seu pai, diz a CNN.

Logo após o depoimento, o pai da estrela pediu ao tribunal para investigar as alegações de que ela foi medicada com lítio – uma remédio extremamente pesado – e obrigada a se apresentar contra sua vontade, com uma febre de 40º. 

No depoimento, a atriz detalhou que por anos foi forçada a trabalhar contra a sua vontade, proibida de tomar decisões sobre amizades, finanças e sofreu ameaças.

Durante a audiência, a artista também informou que foi impedida de remover um implante anticoncepcional (DIU), apesar de a vontade de ter mais filhos. 

Segundo registros confidenciais obtidos pelo The New York Times, Britney Spears vem tentando encerrar o vínculo com o seu pai há anos, expressando forte oposição ao papel dele como tutor. (uol.com.br)

Da Redação