Lau engrossa fila dos que querem Renata Abreu governadora 

Em entrevista ao Diário da Região, Lau Alencar, secretário de Mobilidade Urbana de Osasco e presidente do PSD municipal, defendeu o nome de Renata Abreu para o governo do estado. A deputada federal, que é presidente nacional do Podemos, também teve seu nome cotado pelo ex-juiz Sérgio Moro que é o pré-candidato de seu partido à presidência da República.

Em seu Instagram, Moro escreveu: “Precisamos de mais mulheres em posição de liderança no país. Quem sabe no governo de São Paulo?”. A postagem acompanha foto de Renata Abreu.

Já Lau Alencar acredita ser este o momento exato para São Paulo ter sua primeira mulher no Palácio dos Bandeirantes. “A Renata é uma figura conhecida, uma mulher batalhadora, guerreira. Eu faria até um apelo: Renata Abreu saia candidata a governadora. Você que é incentivadora de politicas para as mulheres, dê o grande exemplo, agora”, afirmou.

“Acho que vai ser um processo importante porque vai contribuir muito para a construção democrática ao lado do Rodrigo Garcia, Felício Ramuth, Fernando Haddad e de tantos outros. É importante que tenhamos uma mulher na disputa. Torço muito por isso”, completou Lau. Garcia, Haddad e Ramuth são pré-candidatos pelo PSDB, PT e PSD, respectivamente.

Em entrevista ao UOL, a deputada federal disse que não coloca a disputa paulista como prioridade, mas não descarta a candidatura e admite que avalia com carinho o convite de Moro. “Minha prioridade é ser reeleita deputada federal, mas não tenho medo. Essa não é uma decisão minha. Existe um time em São Paulo, isso precisa ser discutido em grupo”, explicou.

O nome de Renata ganhou força após desfiliação de Arthur do Val da sigla em decorrência da polêmica gerada por suas declarações sexistas sobre mulheres ucranianas em visita ao país em guerra contra a Rússia. Mamãe Falei, como é conhecido, era o pré-candidato do Podemos.

Graciela Zabotto