Macaco sequestra cãozinho e o mantém refém por três dias

 Macaco sequestra cãozinho e o mantém refém por três dias

MONTAGEM/R7, COM VÍDEO/DAILY MAIL

Um macaco selvagem mobilizou moradores de um conjunto habitacional em Seri Kembangan, na Malásia, ao sequestrar um filhote de cachorro. Durante três dias, o símio carregou o cãozinho recém-nascido por entre árvores e linhas de transmissão de energia, enquanto era perseguido pela comunidade local.

Nesse período, o macaco fora-da-lei se aproximava do trecho urbano em busca de comida, sempre com o pet entre os braços. No entanto, recuava de volta à selva, na medida em que os residentes tentatavam se aproximar.

Até que no terceiro dia, um grupo de pessoas conseguiu assustar o sequetrador com pequenas pedras, pedaços de madeira e até fogos de artifício — direcionados ao chão. O cãozinho acabou jogado árvore abaixo, mas felizmente saiu ileso da queda.

“O macaco estava apenas segurando o cachorro enquanto se movia”, descreveu Cherry Lew Yee Lee, integrante da operação de resgate, conforme reportado pelo tabloide britânico Daily Mail. “Parecia tratá-lo como amigo ou seu filhote.”

Mesmo assim, todos corriam contra o tempo para salvar o pet: “[Ele] parecia estar morrendo de fome”, lembrou Cherry.

Após a conslusão da missão, o filhote foi adotado por um dos moradores da região e apresenta condições estáveis de saúde no novo lar.

Já o macaco, apesar de não ter causado nenhum dano à integridade do cachorro, continua mal visto pela comunidade humana. Ele também é acusado de integrar uma gangue de primatas, conhecida por roubar comida das casas.

Resta saber se os criminosos ampliaram a área de atuação, por meio do roubo de animais de estimação, ou se foi apenas um caso isolado. (noticias.r7.com)

Da Redação