Mais de 14 mil são vacinados no 1º Dia D contra a Covid-19

 Mais de 14 mil são vacinados no 1º Dia D contra a Covid-19

Divulgação

A prefeitura de Osasco aplicou 14.562 doses da vacina contra Covid-19 durante o primeiro Dia D da vacinação para adultos e crianças com e sem comorbidades. A ação aconteceu no domingo, 30, das 9h às 16h em todas UBS. Foram aplicadas a primeira dose em crianças, a segunda dose e a dose adicional dos adultos.

Mais dois Dia D de vacinação serão realizados nos próximos dois domingos, dias 6 e 13 deste mês, das 9h às 16h em todas as UBSs e nos dois Centros de Atenção ao Idoso. 

Para a vacinação no Dia D nos finais de semana não é necessário agendamento, apenas o cadastro no vacinaja.sp.gov.br para agilizar o atendimento e, assim, evitar maior tempo de espera.

No caso das comorbidades, é preciso apresentar exames, receitas, relatórios ou prescrições médicas, um documento de identificação com foto, comprovante de endereço e cartão do SUS ou CPF. Para as crianças entre 5 e 11 anos, os responsáveis deverão apresentar CPF ou cartão do SUS dos pequenos.

Para a segunda dose ou dose de reforço é preciso levar a carteirinha de vacinação. Menores só poderão receber a vacina se estiverem acompanhados dos pais ou responsáveis.

Algumas UBSs estão fazendo o atendimento do Dia D da vacinação contra a Covid-19 em escolas próximas. É o caso da UBS José Sabino Ferreira (Jardim Baronesa), que atende na Creche Rosa Broseghini (Rua Luís Gati, 135), e da UBS Vasco da Rocha Leão (Jardim Veloso), na Creche Alha Elias Abibe (Rua Amadeu Amaral, 61).

Desde domingo, 30, a vacinação contra a Covid em crianças de 5 a 11 anos acontece apenas nas UBS, e não mais durante a semana. Segundo a prefeitura, medida visa evitar expor os pequenos ao alto fluxo de atendimento nas unidades.

SERVIÇO

Dia D de Vacinação 

Dias: 6/2 e 13/2

Horário: 9h às 16h

– Primeira ou segunda dose para pessoas com 12 anos ou mais (adolescentes, adultos e idosos)

– Dose de reforço para pessoas com idade entre 18 ou mais que tomaram a segunda dose há pelo menos quatro meses (em caso de viagem para o exterior, tomar a vacina com intervalo mínimo de 21 dias da última dose).

3ª dose para pessoas imunossuprimidas (intervalo de 28 dias após a última dose) e 4° dose para pessoas imunossuprimidas (intervalo de quatro meses após a última dose).

– Vacina Pfizer é destinada a crianças de 5 a 11 anos com comorbidades

– Vacinas remanescentes Pfizer para crianças de 5 anos sem comorbidade

– Vacina Coronavac para crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades

EXIGÊNCIAS

Não há necessidade de agendamento para adultos e crianças (livre demanda).

Necessário cadastro no vacinaja.sp.gov.br.

No caso de comorbidades, apresentar exames, receitas, relatórios ou prescrições médicas.

Apresentar um documento de identificação com foto, comprovante de endereço e Cartão do SUS ou CPF (inclusive para crianças de 5 a 11 anos).

Para a segunda dose ou dose de reforço é preciso levar a carteirinha de vacinação.

Menores só poderão receber a vacina se estiverem acompanhados dos pais ou responsáveis.

COMORBIDADES

Anemia falciforme

Arritmias cardíacas

Cardiopatias congênitas

Cirrose hepática

Cor pulmonale e hipertensão pulmonar

Diabetes mellitus

Doença cerebrovascular

Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas

Hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3

Hipertensão estágio 1 e 2 com lesão e órgão alvo

HIV

Imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos)

Insuficiência cardíaca

Miocardiopatias e Pericardiopatias

Obesidade mórbida

Pneumopatias Graves

Próteses valvares – Dispositivos cardíacos implantados

Síndrome de Down

Síndromes coronarianas

Talassemia

Transtornos Globais do Desenvolvimento

Valvopatias

Da Redação