Moacyr Franco faz show intimista em Osasco na sexta

 Moacyr Franco faz show intimista em Osasco na sexta

Divulgação

Na próxima sexta-feira, 18, o cantor e compositor Moacyr Franco faz um show intimista no Teatro Aspro, em Osasco, recheado de músicas e também muita conversa com a plateia.

Durante 90 minutos de apresentação Moacyr Franco vai contar altos e baixos de sua vida, sua inserção na carreira política, as estórias que circundam a criação de músicas importantes, parcerias e maiores sucessos.

A apresentação começa às 21 horas. Os ingressos estão à venda a partir de R$ 60,00 no site da Mega Bilheteria – www.megabilheteria.com. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (11) 99249-0118.

O Teatro Aspro está localizado na Rua: Joaquim Dias de Oliveira, 22 – Vila dos Remédios.

Moacyr Franco

Moacyr Franco já foi apontado como o maior cantor e compositor de música sertaneja, romântica, carnavalesca e infantil do País. Tem grandes sucessos gravados por artistas como Chitãozinho & Xororó, Rita Lee, Paula Fernandes e João Mineiro & Marciano. Ganhou dezenas de Discos de Ouro, vários troféus Roquete Pinto (que era o prêmio máximo da televisão nacional) e, ao lado do filho Guto Franco, lotou os estádios do País – foram 120 mil pessoas no Maracanã. Como apresentador, ator, produtor e roteirista, trabalhou nas principais emissoras de TV do País. Com o personagem Mendigo na “Praça da Alegria”, estourou com a marchinha “Me dá um dinheiro aí”, sucesso do Carnaval de 1960.

Na TV Excelsior, estreou em 63 o programa “Moacyr Franco Show”, que ficou 25 anos no ar e atingiu 89 pontos no Ibope. Na TV Globo, foi o primeiro artista a ganhar um especial de variedades (“Moacyr Franco Especial”), em 1971. Na década de 90, apresentou no SBT o famoso “Concurso de Paródias” e escreveu seriados como “Ó, coitado”, com Gorete Milagres, e “Meu cunhado”, com Ronald Golias, nos quais também atuou.

Em 2005, de volta a “A Praça é Nossa”, vira sucesso nacional com o bordão “Chic no úrtimo”, do personagem Jeca Gay. No teatro, dividiu o palco com Procópio Ferreira e Marília Pêra na célebre peça “Como vencer na vida sem fazer força”, em 1964. Moacyr fez sua estreia no cinema apenas em 2012, no filme “O palhaço”, com Selton Mello – a atuação lhe rendeu o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante do Festival de Cinema de Paulínia.

Da Redação