Morador com varíola dos macacos está isolado há sete dias

 Morador com varíola dos macacos está isolado há sete dias

Foto: iStock

O morador de Itapevi foi diagnosticado com o vírus monkeypox, mais conhecido como varíola dos macacos, está sendo monitorado pela Vigilância Epidemiológica do município desde do último sábado (25), conforme informação da prefeitura ao Diário.

O caso foi confirmado pela Secretaria da Saúde do governo do estado na quarta-feira (29). “O paciente encontra-se em isolamento domiciliar e o seu quadro de saúde está estável, sem gravidade, além de receber acompanhamento de técnicos da Secretaria Municipal de Saúde”, completou a prefeitura em nota.

Ainda não foi informada a idade do morador de Itapevi e se a infecção aconteceu no Brasil ou se viajou para outro país. A prefeitura ressaltou, ainda, que em caso de suspeita da doença, o atendimento inicial deverá ser realizado, preferencialmente, em uma UBS indicando-se internação hospitalar para os casos que apresentem sinais de gravidade mais complexos.

“O procedimento indicado no momento do acolhimento é que o paciente deverá receber uma máscara cirúrgica e conduzido para uma área separada dos outros usuários. O paciente deverá ser mantido isolado (precauções para contato e gotículas). As lesões de pele em áreas expostas devem ser protegidas por lençol, vestimentas ou avental com mangas longas e a Vigilância Epidemiológica notificada imediatamente”, completou.

Prevenção contra a Monkeypox

– Evitar contato próximo/íntimo com a pessoa doente até que todas as feridas tenham cicatrizado;

– Evitar o contato com qualquer material, como roupas de cama, que tenha sido utilizado pela pessoa doente.

– Higienização das mãos, lavando-as com água e sabão e/ou uso de álcool gel.

Da Redação